Berço da Pátria

Iconografia

Coleção de fotos e informações gráficas que o autor deste trabalho pôde reunir ao longo de vários anos. Gostaria ele de reproduzir cada quadro, estampa ou painel nas cores que o artista escolheu, pórem, imposições financeiras não o permitiram.

Esta parte, a da Iconografia, é dinâmica. Soferá acréscimos com novas aquisições, pois a inteção é enriquecê-la sempre. Enfim, mesmo como ela está, o leitor poderá ter uma boa noção do culto que há mais de século e meio é prestado aos nossos Heróis Inconfidentes


x

    Alferes Joaquim José da Silva Xavier, O Tiradentes Protomartir da Independência - Patrono Cívico do Brasil Patrono de todas as Polícias do Brasil - Civís e Militares.

x

    Capa do Livro: "Os inconfidentes recebendo a bandeira". (A faixa escura é vermelha, igual à bandeira existenteno resposteiro do Pantão dos Heróis - Ouro Preto).

x

    Tiradentes - Insigna no uniforme dos policiais militares de Minas Gerais.

x

    Belo Horizonte - Comando Geral da PMMG Tiradentes, por Synfronine de F. Castro

x

    Medalha Alferes Tiradentes da PMMG Quadro de Julius Kaukal

x

    A escultura do Alferes Joaquim José da Silva Xavier, da praça Tiradentes, em Belo Horizonte, é de autoria do Holandês Antônio van der Wiell. O Monumento não apresenta qualquer identificação escrita.

x

    Belo Horizonte - IHG/MG Tiradentes, por Álvaro Apocalypse

x

    Belo Horizonte - Palácio das Mangabeiras Tiradentes, de Maria da C. Piló Bitencourt

x

    Belo Horizontes - IHG/MG Tiradentes, de Julius Kaukal 1955

x

    Belo Horizontes - IHG/MG Tiradentes, por autor desconhecido

x

    Os inconfidentes concebendo a Bandeira, do Tenente Almir Jaci Gab do Cmt do DI, da PMMG (O triângulo é verde).

x

    Belo Horizonte - Associação Mineira de Imprensa. Painel com Tiradentes de Yara Tupinambá.

x

    Belo Horizonte - IHG/MG Tiradentes, Autor desconhecido.

x

    Belo Horizonte - Palácio da Liberdade Gab do Governador. Tiradentes, por Luis Delpino.

x

    Tiradentes - MG Tiradentes, de Synfronine de F. Castro.

x

    Tiradentes - MG Tiradentes, por Almir Tirelli.

x

    Tiradentes - MG O sonho de Tiradentes, de Almir Tirelli.

x

    Tiradentes - MG Prefeitura Municipal Tiradentes, por Almir Tirelli.

x

    Alferes Joaquim José da Silva Xavier, Quadro de José Wasth Rodrigues. Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro. É aceito, na atualidade, como uma das melhores representações iconográficas de Tiradentes. O pintor foi co-autor do livro Uniformes do Exército Brasileiro, editado pelo Ministério da Guerra, em 1922. Ilustrou, também, a história do Brasil, de Pedro Calmon..

x

    Tiradentes - MG - Largo do Sol.

x

    Sem Título, Arlindo Dailbert A partir de uma citação ao quadro de Pedro Américo e de fotos de pessoas comuns, o artista confronta história e mito, pontuando uma leitura interessada em aproximar tempos, contextos e dramas.

23

    Tiradentes - Escultura em gesso de Modestino Kanto - Museu Mariano Procópio - Juiz de fora. Foto de Roberto Dornellas, UFRJ.

x

    São João Del Rei - Prefeitura - Tiradentes.

x

    São João Del Rei - Tiradentes.

x

    São João Del Rei - Regimento Tiradentes (11ºBIMtz - Exército) - Tiradentes.

x

    Ritápolis, MG - Tiradentes.

x

    João Baptista da Costa - Tiradentes 1885 - Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro.

x

    Busto de Tiradentes de Almeida Reis Capa do anuário Tiradentes, 21 de abril de 1887 Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro.

x

    Eduardo de Sá Leitura da sentença dos inconfidentes,s/d Óleo s/ Tela, 197x338cm Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro.

x

    Antônio Vinhaes Tiradentes - Alferes, s/d gesso patinado, 55x43,5cm Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro.

x

    Ouro Preto - Monumento aos Inconfidentes, erguido em 1894, no mesmo local onde a cabeça de Tiradentes ficou exposta. Concepção de Virgílio Cestari.

x

    O Jornal Minas Gerais, 21/04/1894 estampou esta foto como sendo a da estátua que seria inaugurada em Ouro Preto naquele dia, porém a que foi é um pouco diferente.

x

    Tiradentes - Escultura em bronze de Décio Villares, pertencente ao Museu Mariano Procópio, de Juiz de Fora. Foto de Roberto Dornellas, da UFJF.

x

    Ouro Preto - Detalhe do Monumento aos Inconfidentes - 1894.

x

    Tiradentes, de Décio Villares, 1890, Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro.

x

    Antônio Parreiras Cabeça de Tiradentes, 1900 Óleo s/ tela, 61x50cm Col. Max. Perlingeiro, Rio de Janeiro

x

    Angelo Agostini A República brasileira depõe coroas, palmas e saudades, à memória de Joaquim José da Silva Xavier, o mártir da Inconfidência Mineira Revista Ilustrada, Rio de Janeiro, 19 de abril, 1890.

x

    Medalha da República, 1890 - Tiradentes (efigie), 1792-1890 cobre, 37mm, cunhada, em Buenos Aires Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro.

x

    Paraíba do Sul - RJ - Inconfidência Antigo sítio das cebolas Museu Tiradentes

x

    Paraíba do Sul - Inconfidência Antigo sítio das cebolas Museu Tiradentes Busto em madeira, por Ruth Teixeira Leite.

x

    Paraíba do Sul - Inconfidência Antigo sítio das cebolas Museu Tiradentes Busto em cimento, de Ayres Monteiro.

x

    Paraíba do Sul - Inconfidência Antigo sítio das cebolas Museu Tiradentes Tiradentes e Anna Maria Barbosa Autor desconhecido

x

    O SR. Jaime Tomaz de Aquino, em sua fazenda, no Ceará, fez levantar estátuas de brasileiros ilustres, entre os quais Tiradentes.

x

    Inconfidência Mineira, 1975, Glauco Rodrigues. Valendo-se de recursos trazidos pela pop-art e, em especial, pelo hiperrealismo, o artista reúne ícones ligadas a Inconfidência Mineira e seu contexto. Funde, numa única imagem, imagens clichês de Tiradentes com a escultura "Cristo da Coluna", de Aleijadinho.

x

    Rafael Falco - Tiradentes ante o carrasco, 1963 Óleo s/ tela Comissão de Constituição e Justiça Congresso Nacional, Brasília.

x

    Leopoldino Faria (sem data): o momento em que Tiradentes afirma que "dez vidas daria para salvar a deles"(a dos companheiros mortos).

x

    Holmes Neves, "Execução de Tiradentes" (1979): detalhe inusitado - o pintor se representa montado num cavalo branco.

x

    Autor Desconhecido - Data Desconhecida.

x

    De Aurélio Figueiredo, O Martírio de Tiradentes. Nada a acrescentar.

x

    Antônio Parreiras Prisão de Tiradentes, 1914 óleo s/tela 180x282cm Museu Julio de Castilhos, Porto Alegre.

x

    Resende - Rio de Janeiro - Academia Militar das Agulhas Negras.

x

    Francisco de Andrade Tiradentes, 1926 bronze Em frente à Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.

x

    "Tiradentes" - Quadro em sangüíneo, Décio Villares - Museu Mariano Procópio, de Juiz de Fora - Foto de Roberto Dornellas.

x

    Carlos Scliar, "Inconfidência" (1970): um mártir com olhar soturno.

x

    Décio Rodrigues Villares Tiradentes, s/d. Óleo s/ cartão, 62 x 50 cm Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro.

x

    Anônimo - Alferes Joaquim José da Silva Xavier "O Tiradentes", Precursor da Independência do Brasil, 1748-1792 Gravura, 12x11cm Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro.

x

    Renina Katz - ilustração para o Romanceiro da Inconfidência de Cecília Meireles, 1956 Nanquim s/ papel 23 x 20,8 cm Col. José Mindlin, São Paulo

x

    Bruno Giorgi - Tiradentes, 1985 bronze Panteão da Pátria - Tancredo Neves, Brasília.

x

    Antônio Parreiras - Visão de Tiradentes ou O sonho de liberdade, c. 1926 Estudo para a decoração do Conservatório de Música de Belo Horizonte óleo s/ tela, 65 x 129,9 cm Museu Antônio Parreiras, Niterói.

x

    Renina Katz - ilustração para o Romanceiro da Inconfidência de Cecília Meireles, 1956 nanquim s/ papel 42,8 x 26,1 cm Col. José Mindlin, São Paulo

x

    Execução de Tiradentes, de Guinard. Observe-se Vila Rica e o pico do Itacolomi.

x

    Renina Katz - Ilustração para o Romanceiro da Inconfidência de Cecília Meireles, 1956 Nanquim s/ papel 31 x 20,9 cm Col. José Mindlin, São Paulo.

x

    Inconfidência Mineira, 1984, Antônio Poteiro A partir de valores e das liberdades da chamada arte naif, o artista recria o enforcamento de Tiradentes. A força plástica da imagem, a graça na descrição do evento, reafirma a permanência do mito de Tiradentes como herói popular.

x

    "Mantenha a liberdade Quae Sera Tamen" de Wesley Duke Lee - São Paulo, 1978.

x

    Antônio Parreiras - A inconfidência, 1901 Tribunal Regional Eleitoral, Rio de Janeiro.

x

    Ângelo Agostini - A revista cumpre também o seu dever depositando uma coroa em homenagem ao grande precursor da república. Revista ilustrada, Rio de Janeiro, 26 de abril de 1890.

x

    Antônio Parreiras - A inconfidência, 1901 Tribunal Regional Eleitoral, Rio de Janeiro.

x

    Ângelo Agostini - Execução de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Revista Ilustrada, Rio de Janeiro, 26 de abril de 1892.

x

    Anônimo - Cerâmica Popular Museu do Pontal.

x

    João Câmara - Conjuração Mineira(detalhe), 1985-86 Óleo s/ tela 400 x 2100cm Panteão da Pátria - Tancredo Neves, Brasília.

x

    Aurélio de Figueiredo e Melo - Tiradentes no Patíbulo, 1898 Óleo s/ tela Acervo artístico do Palácio Pedro Ernesto, sede do Poder Legislativo do Município do Rio de Janeiro.

x

    Anônimo - Embalagens de fogos de artifício (Cedida por Vicente Mello)

x

    Selo Postal - Tiradentes, 1965.

x

    Papel Moeda, em cor sanguíneo, que circulou antes da chamada "Reforma do Cruzeiro Novo".

x

    Bônus para arrecadação de fundos. - Partido Comunista do Brasil, 1952 Centro Cultural do Banco do Brasil Rio de Janeiro.

x

    Bilhete Lotérico - Reprodução da Obra Inconfidência Mineira, 1975, de Glauco Rodrigues Museu da Caixa Econômica Federal, Brasília.

x

    Belo Horizonte - Monumento à Terra Mineira - Tiradentes (detalhe).

x

    A Obra Inconfidência (1969), de Di Cavalcanti, pertence ao Museu Caixa Econômica Federal, em Brasília.

x

    Leopoldino de Faria - Resposta de Tiradentes à comutação da pena de morte, s/d Óleo s/ tela - 47,5 x 62,3 cm Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro.

x

    Djanira, Inconfidência (1968): Multicolorida e abstrata interpretação de Ouro Preto, a Cadeia A Casa da Câmara, o cenário.

x

    Tiradentes - MG Reunião dos Inconfidentes, Por Almir Tirelli.

x

    O Quadro "Liberdade", de Inimá de Paula, na mostra sobre a Inconfidência, Grande Galeria do Palácio das Artes.

x

    Panteão dos Heróis - Museu da Inconfidência - Ouro Preto No frontal do altar do Panteão, lê-se: "In Memoriam" (Os lados do triângulo são vermelhos).

x

    Candido Portinari - Tiradentes, 1949 Água-forte/ papel, 39,5 x 26,5 cm Col. Particular, Rio de Janeiro.

x

    Portinari - Quadro no saguão da entrada do Palácio dos Despachos - Belo Horizonte Conjurados antevendo o futuro do País. É o Governo de Minas reverenciando a memória dos Conjurados.

x

    "Muitas cabeças unidas num só corpo" Referência de Alvarenga Peixoto à liderança de Tiradentes.

    Painel Tiradentes de Candido Portinari Memorial da América Latina

x

    De Francisco Rebolo, "Inconfidência", de 1973.

x

    Duas das traves da força, em que morreu Tiradentes. Museu da Inconfidência - Ouro Preto

x

    Paraíba do Sul - RJ - Inconfidência (Antigo Sítio das Cebolas) Museu Tiradentes Assinalados, quatro ossos que consta terem pertencido a Tiradentes. Nesse local um dos membros foi exposto.

x

    Tomás Antônio Gonzaga.

x

    Dr. Cláudio Manoel da Costa.

x

    O relógio que pertencente a Tiradentes. Peça exposta no Museu da Inconfidência, em Ouro Preto.

x

    Livro das Constituições estaduais americanas, pertencente a Tiradentes. Peça exposta no Museu da Inconfidência, em Ouro Preto.

x

    Paraíba do Sul - RJ - Inconfidência (Antigo Sítio das Cebolas) Museu de Tiradentes. No Sítio foi exposto um dos membros de Tiradentes.

x

    "Jornada dos Martires", tela de Antônio Parreiras - Museu "Mariano Procópio", de Juiz de Fora. Foto de Roberto Dornellas, da UFJF. À esquerda, vê-se a Capena de Nossa Senhora do Rosário, de Matias Barbosa e, à direita, o prédio da Fazenda de Manoel do Valle Amado.

x

    Medalha da Inconfidência Instituida pelo Governo do Estado de Minas Gerais.

x

    Medalha Alferes Tiradentes Instituida pela PMMG.

x

    Tiradentes - MG - Largo das Forras Coluna de Tiradentes, erguida em 1892.

x

    Praça Tiradentes, tendo, em primeiro plano, destacado, a base do antigo Monumento (Coluna Saldanha Marinho), cuja pedra fundamental foi lançada no dia 3 de abril de 1867; e, segundo plano, o atual Monumento aos Inconfidentes. Inaugurado no dia 21 de abril de 1894. Ao fundo, a Casa da Câmara e Cadeia, hoje Museu da Inconfidência. (Fotos do Arquivo do Professor Salatiel Torres, da Escola de Minas, cedidas pelo seu filho, Jornalista Maurílio Torres, diretor em Ouro Preto da AMI).

x

    Coluna "Saldanha Marinho", depois de restaurada e, novamente, erguida em Ouro Preto.

x

    Base da Coluna "Saldanha Marinho", perdida em 1983. Na placa ficava os nomes dos conjurados civis condenados. (foto Prof. Luiz Gonzaga de Araújo.) Ela esta hoje na Praça Amadeu Barbosa (Praça da Barra).

x

    Varginha do Lourenço - Município de Lafaiete - MG Neste local e à sombra dessa Gameleira foi exposto o quarto inferior direito de Tiradentes. Monumento evocativo.

x

    Varginha do Lourenço Município de Conselheiro Lafaiete - MG Detalhe do Monumento ali erguido, mostrando a perna direita de Tiradentes.

x

    Vitoriano Veloso - Município de Prados - MG Monumento ao Inconfidente Vitoriano Veloso.

x

    Belo Horizonte - Palácio da Liberdade Gabinete do Governador Marília de Dirceu, por Luís Delpino.

x

    Belo Horizonte - MG Monumento à Terra Mineira, de Giulio Starace. Uma das faces mostra Tiradentes em alto-relevo e nas demais os nomes de todos os inconfidentes.

x

    Marília de Dirceu.

x

    Sítio do Pombal - Município de Ritápolis - MG Ruínas da casa onde Tiradentes nasceu.

x

    São João Del Rei - MG Bárbara Heliodora.

x

    Casa do Padre José da Silva e Oliveira Rolim Arraial do Tijuco, atual cidade de Diamantina.

x

    Chácara do Cruzeiro, do Tenente Coronel F. De Paula Freire de Andrada, onde se realizaram as reuniões da inconfidência e onde foi escolhida a bandeira para a futura República(Hoje em Ruínas).

x

    São João Del Rei - Casa onde residiu Alvarenga.

x

    Cidade de Tiradentes - Casa do Padre Carlos Toledo.

x

    Capela de Nossa Senhora do Rosário - Matias Barbosa. Ficava próxima à Fazenda de Manoel do Valle Amado. Nela, conjurados participavam da Missa, antes de prosseguir viagem para o Rio de Janeiro. É tombada pelo ISPHAN, que a restaurou. Foto de Roberto Dornellas, da UFJF.

x

    "Casa dos Contos", que pertenceu a João Rodrigues de Macedo, em Ouro Preto (FOTOTO - Itacolomy Foto-Ótico-Ouro Preto).

x

    Sobrado erguido no terreno da casa, onde, à Rua são José, teria residido Tiradentes. (FOTOTO - Itacolomy Foto-Ótica-Ouro Preto).

x

    Estalagem de Varginha, onde Tiradentes conquistou as adesões de João da Costa Rodrigues e do piloto Antônio de Oliveira Lopes.

x

    Sobrado onde residiu Thomaz Antônio Gonzaga Antônio de Oliveira (Foto Itacolomy - Ouro Preto)

x

    Sede da Fazenda de Manoel do Valle Amado, em Matias Barbosa, onde pernoitavam os conjurados, na ida para o Rio de Janeiro. Foi demolida. Foto reproduzida por Roberto Dornellas, da UFJF.

x

    Quartel do Regimento Regular de Cavalaria de Minas em Cachoeira do campo, construido em 1779 por Dom Antônio de Noronha, Governador e Capitão-General. É hoje o colégio Salesiano.

x

    Cadeia de Vila Rica. Projeto de Manuel Ribeiro Guimarães. Ainda inacabada, serviu de prisão dos inconfidentes, que nela foram submetidos a torturas. É hoje Museu da Inconfidência.

x

    Capela da Fazenda da Borda do Campo. Construção anterior a 1710. Em artigo publicado na Regista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro encontra-se excelente estudo histórico relativo a essa propriedade, da autoria de José Bonifácio de Andrade e Silva, ilustre diplomata brasileiro, irmão do Presidente Antônio Carlos e pai do Deputado José Bonifácio Lafayette de Andrada.

x

    Sobrado onde residiu Claudio Manoel da Costa. (FOTO - Itacolomy Foto-Ótica-Ouro Preto).

x

    Fazenda da Borda do Campo. Pertencia, na época da Conjuração Mineira, ao Coronel José Aires Gomes. Depois de sequestrada foi adquirida pela própria família do inconfidente. Situa-se em Antônio Carlos, Estado de Minas Gerais. Era ponto de pernoite para os viajantes que transitavam pelo Caminho Novo, na época colonial. Fotografia cedida pelo Deputado José Bonifácio Lafayette de Andrada, descendente de José Aires Gomes.

x

    Fazenda do Juiz de Fora, que pertenceu aos pais do conjurado Domingos Vidal de Barbosa. Quadro de Lage das Neves, na Reitoria da Universidade Federal de Juiz de Fora. Ali residia o revolucionário, ao ser processado. Foto de Roberto Dornellas.

x

    São João Del Rei - Casa de Bárbara Heliodora

x

    Prados - MG Casa onde residiram os inconfidentes Cel. Francisco Antônio de Oliveira Lopes e sua esposa Hipólita Teixeira de Melo.

x

    Resende Costa - MG Casa onde consta ter residido o inconfidente que lhe deu o nome.

x

    Ouro Branco - MG Antigo posto de fiscalização, denominada Casa de Tiradentes.

x

    Julius Kaubal Ouro Preto, então Vila Rica, em fins do século XVIII Ilustração para História da Inconfidência de Minas Gerais de Augusto de Lima Júnior.

x

    Escultura de Tiradentes, erigida no Rio de Janeiro, em 1926, em frente ao Palácio Tiradentes - "Lugar de memória do Parlamento brasileiro" (Exposição Permanente).

x

    Tiradentes - MG Cortejo para a Forca, de Almir Tirelli

x

    Rua do Piolho, hoje da Carioca, pela qual Tiradentes passou a caminho da forca. (Bico de pena de Luiz de Lima Castro, publicado pela Revista "O Cruzeiro", de 27 de fevereiro de 1964).

x

    Assinatura mais antiga até hoje localizada de Tiradentes, de 8 de Janeiro de 1776.

x

    Último recibo de soldo do Alferes Joaquim José da Silva Xavier, de 4 de março de, 1789.

x

    Autógrafos.